As quatro operações do ser

Coluna Reflexus por Sergio Piva em 12 de fevereiro, 2021 19h02m
Facebook Twitter Whatsapp

O ser humano é incrível, consegue ser fantástico e abominável ao mesmo
tempo. Traços que podem ser encontrados em grupos inteiros e principalmente
nos indivíduos.
Apesar de haver qualidades e defeitos em todas as pessoas, há uma
predominância de um comportamento, um traço de personalidade latente em
seus pensamentos e ações que permeiam suas capacidades e habilidades,
que ousei classificar em quatro tipos matemáticos.
Adição - Qualidade de inúmeros seres humanos. Eles têm a habilidade e
capacidade de juntar amigos, reunir grupos, somar esforços, promover
encontros entre pessoas desconhecidas, fazendo-as tornarem-se colegas, até
grandes amigas. Agregar parece ser a atitude inerente na vida desse tipo de
pessoa.
Multiplicação - Outro fator preponderante da personalidade dos seres
humanos. Apresenta-se de forma mais nítida quando observamos a
multiplicação de bens materiais, característica de alguns empresários,
considerados de sucesso. No entanto, há pessoas que multiplicam
sentimentos, obras, ideias, ações e trazem crescimento aos ambientes onde
estão ligados, numa proporção que acrescenta grandes quantidades de
benesses.
Não esqueçamos, porém, que existe o fator negativo dessas duas operações.
É possível somar e multiplicar miséria, ódio e destruição. Habilidades e
capacidades podem ser usadas tanto positiva quanto negativamente.
Subtração - Há tantas pessoas que possuem a capacidade de subtrair coisas
de outras. Furtar bens materiais, tirar a felicidade, afastar a paz interior, ocultar
sentimentos. Seres humanos nocivos ao convívio social e para si mesmos,
aproximando-se e fazendo aflorar a parte negativa de outras pessoas com
quem convivem.
Divisão - Outra característica dominante na vida de muitos. Pessoas
especialistas em dividir opiniões, desunir conjuntos de pessoas, apartar
amizades. Indivíduos que são capazes de desestabilizar ambientes
harmoniosos minutos após sua chegada. Uma força negativa incrível para
desfazer concórdia e tranquilidade em qualquer recinto.
Da mesma maneira que as operações anteriores, essas duas últimas têm seus
opostos, seu lado positivo. Em pequena proporção, dado sua natureza
contraproducente nos aspectos relacionais apresentados.

Há boas almas que são capazes de subtrair a tristeza e desânimo da vida de
outras pessoas. Não precisam falar qualquer palavra, apenas sua presença
iluminada é suficiente para trazer paz e alívio.
Outras que, facilmente, dividem com você suas angústias, seus medos, suas
cargas fretadas pela vida, pelo carma, pelo destino, ou qualquer outro nome
que queira atribuir aos acontecimentos cotidianos.
Qualquer que seja a tendência aritmética do nosso ser, além da possibilidade
de mudança, extremamente difícil, mas não impossível, o importante é o
resultado da operação na matemática de nossa existência.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários