Vereadores de Ouroeste rejeitam projeto para reforma do prédio da Câmara

Administração Da Redação em 20 de novembro, 2021 16h11m
Facebook Twitter Whatsapp

Os vereadores de Ouroeste votaram na terça-feira, 16, o projeto de lei 78/2021 que previa a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 465 mil que seria usado para a reforma do prédio da Câmara Municipal.

O projeto foi rejeitado por 7 votos contrários e um favorável. O único voto favorável foi do vereador Carlito Pereira Gomes, que é funcionário do Legislativo local. O presidente da Câmara João Romera, apesar de não votar era favorável ao projeto, pois foi o idealizador dele.

Atualmente o orçamento para gastos com reforma é de R$ 50 mil, mas segundo o presidente, não são suficientes para a realização da obra. Uma frase que muito chamou atenção em relação as discussões sobre o referido projeto foram do presidente da Câmara, que em um discurso afirmou que os R$ 50 mil reservados pra a reforma do prédio do Legislativo não era suficiente nem mesmo para a compra de babalus, balas e chicletes.

Publicidade

O dinheiro que não deverá ser utilizado para a reforma do prédio do Legislativo por não ter dotação orçamentaria na Câmara, deverá ser devolvido aos cofres da Prefeitura, onde será utilizado pelo prefeito Alex Sakata em diversas áreas do município, que segundo informações deverá atender principalmente o setor de saúde. demais vereadores por discordarem de seu projeto. Um dos pontos que chamou atenção foi o momento que o presidente foi desrespeitoso com sua vice.

O projeto deverá ser votado em sessão posterior, mas já causou grandes debates na Câmara.

Publicidade
Assuntos:
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários


Notícias relacionadas