Fernandópolis tem primeira vítima fatal da COVID-19

COVID-19 Da Redação em 07 de junho, 2020 11h06m
Facebook Twitter Whatsapp

Na manhã deste domingo, 07, foi confirmada a morte de Sueno Sato , matriarca da família Sato em Fernandópolis.

Apesar de apresentar outros problemas de saúde, a vítima testou positivo para a COVID-19, o que agravou seu quadro clínico. Ela se encotnrava internada na UTI da Santa Casa de Fernandópolis.

Familiares da vítima confirmaram o óbito em redes sociais, e a informação é de que não haverá o velório devido a questões de segurança pela contaminação do coronavírus.

"Você foi tão guerreira, lutou e batalhou por tantas pessoas e lugares. Foi um exemplo de mulher. Minha sogra, como sinto de não ter podido fazer mais, de ficar do seu lado nessa hora. Mas tenho certeza que Deus estava segurando sua mão. Sentirei muito a sua falta. Descanse em paz", relatou Vania Sato no Facebook.

Publicidade

Vale ressaltar que Sueno Sato fazia parte da Volfer – Associação de Voluntários da Santa Casa. Sueno chegou a ser eleita presidente da Associação que muito ajudou a Santa Casa de Fernandópolis com eventos que arrecadaram recursos para o Hospital.

Outra vítima

Uma moradora do Jardim Ipanema, periferia de Fernandópolis, morreu na madrugada de sábado, 6, com suspeitas de ter contraído a COVID-19. Ela, que tinha 83 anos, apresentou os sintomas para da doença e teve material coletado para exame PCR que pode ficar pronto ainda hoje.

Maria Alice Pinha, morreu em casa. Uma unidade de resgate chegou a ser acionado, mas quando chegou o local já era tarde. Durante a semana teria procurado ajuda médica na UPA - Unidade de Pronto Atendimento.

Como o caso está sendo tratado apenas como suspeita, o caixão teve que ser lacrado e enterrado sem a realização de velório.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários


Notícias relacionadas