Fernandópolis registra mais dois óbitos devido a COVID-19

COVID-19 Da Redação em 11 de junho, 2020 20h06m
Facebook Twitter Whatsapp

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Fernandópolis, no inicio da noite de hoje, quinta-feira, 11, foram registrados mais dois óbitos na cidade em decorrência do contágio pelo COVID-19.

PRIMEIRO CASO
Trata-se de uma idosa de 74 anos, portadora de comorbidade. Ela estava internada na Santa Casa de Fernandópolis, vindo a óbito nesta manhã.

SEGUNDO CASO
Trata-se de uma idosa de 75 anos, moradora de Fernandópolis, que estava hospitalizada em São José do Rio Preto para tratamento médico, vindo a contrair o coronavírus e lamentavelmente faleceu na tarde desta quinta-feira.
Também foram contabilizados nas últimas 24h, quatorze (14) novos casos de coronavírus no município. Dos pacientes positivos, 70 pessoas estão recuperadas e as demais sendo acompanhadas pelos profissionais da Saúde.

APELO
Em uma live realizada às 17h desta quinta-feira, dia 11, o médico infectologista da Vigilância Epidemiológica de Fernandópolis, Márcio Gaggini, pediu a colaboração da população para evitar a realização de festas e churrascadas.

Publicidade

Os aumentos dos casos recentes na cidade são oriundos de encontros familiares e festas com amigos. Gaggini pediu colaboração de todos. “Haverá momentos em que vamos poder fazer festas, mas esse ainda não é o momento”.
Segundo ele, encontro até com menos de 10 pessoas é fator para que o vírus seja transmitido, já que não há possibilidade de ficar em um churrasco com máscaras.

O secretário de Saúde, Ivan Veronezi também pediu colaboração dos fernandopolenses, já que é um momento sério e vê o crescimento da curva. “A desobediência da população pode superlotar o sistema de Saúde, que ainda hoje está tranqüila”, disse Veronezzi.

O prefeito André Pessuto, usou a live para pedir colaboração dos fernandopolenses e reafirmou que caso o sistema de saúde da cidade comece a demonstrar também super-lotação, o governador do Estado poderá colocar a cidade novamente na fase 1 e todo o comércio ter que ser fechado novamente.
Pessuto afirmou durante a live que só depende do bom censo das pessoas para que toda a cidade consiga controlar a curva de contágio e em breve teremos a chance de voltar a confraternizar e dar abraços nos amigos e familiares, mas ele garantiu que o momento não é para brincadeira e pede muito a colaboração de toda a população.

Publicidade
Assuntos:
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários


Notícias relacionadas