Cinco mulheres disputam prefeituras em capitais no 2º turno

Eleições 2020 Da Redação em 17 de novembro, 2020 09h11m
Facebook Twitter Whatsapp

Manuela D´Ávila (PCdoB), em Porto Alegre; Marília Arraes (PT), no Recife; Delegada Danielle (Cidadania), em Aracaju; Socorro Neri (PSB), em Rio Branco; e Cristiane Lopes (PP), em Porto Velho são as 5 mulheres que permanecem na disputa por prefeituras no 2º turno.

No primeiro turno,as mulheres representam 12,2% dos prefeitos eleitos, entre elas Cinthia Ribeiro (PSDB), reeleita prefeita de Palmas, capital do Tocantins, com mais de 36% dos votos.

Nas eleições municipais de 2016, foram eleitas 641 mulheres para o cargo de prefeita, representando 11,57% do total. No pleito passado, somente uma mulher foi eleita prefeita de uma capital: Teresa Surita (PMDB), em Boa Vista (RR). O número de candidatas que disputam segundo turno em capitais neste ano foi mais que o dobro de 2016.

As eleições de 2020 foram as primeiras eleições municipais em que valeram não apenas a cota de 30% de candidaturas femininas, mas também a reserva de pelo menos 30% dos fundos eleitoral e partidário para financiar candidatas e a aplicação do mesmo percentual ao tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários