Aluno de 12 anos leva crack para escola no bairro Estação

Esportes em 15 de agosto, 2014 13h08m
Facebook Twitter Whatsapp
Um menino de 12 anos foi surpreendido com uma pedra de crack na mão durante a aula em uma escola estadual no bairro Estação, região sul de Votuporanga, na manhã de ontem. O estudante tentava vender a droga por R$ 10 aos colegas do 7º ano do ensino fundamental. Ele disse ter encontrado a pedra de crack nas ruas do bairro. O caso aconteceu por volta das 8h. De acordo com o boletim de ocorrência registrado a pedido da direção da escola, o garoto, morador do bairro Palmeiras I, estava em sala de aula monstrando e oferecendo a droga aos demais estudantes durante uma aula de reforço. A professora, ao ver o menino conversando com os colegas, o mandou ir até a diretoria, onde foi confirmado que se tratava de um invólucro com uma pedra de crack. Questionado, o garoto disse ter visto um homem desconhecido esconder a droga embaixo de uma pedra, em frente a uma creche. A mãe do estudante foi chamada para comparecer na escola. De acordo com ela, o garoto faz uso de medicamentos contra insônia. Ele deverá ser apresentado na tarde de hoje ao juiz da Vara da Infância e Juventude, no Fórum de Votuporanga. A pedra, que pesou 17 gramas, foi entregue para a Polícia Militar e encaminhada para a Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), onde o caso foi registrado. O menor não tem passagem pela polícia. Rio Preto Em setembro de 2012, um adolescente de 12 anos encontrou 16 porções de cocaína no pátio da escola Professora Guiomar Maia, no bairro São Deocleciano, em Rio Preto. O proprietário da cocaína não foi localizado pela polícia. André Nonato andre.nonato@diariodaregiao.com.br

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários