Mãe e filho morrem em engavetamento provocado por fumaça

Geral Da Redação em 23 de setembro, 2021 15h09m
Facebook Twitter Whatsapp

Um incêndio em um canavial às margens da rodovia Washington Luís, em Araraquara, provocou um engavetamento entre três caminhões e um veículo de passeio na noite desta quarta-feira, 22. O carro, um Ford Ká, era ocupado por um casal e uma criança. A mulher e o filho, de apenas 10 anos, morreram e o motorista foi internado em estado grave. Eles são moradores de Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, a fumaça da palha de cana-de-açúcar invadiu a rodovia e prejudicou a visibilidade dos motoristas no km 257.

Por volta das 22h, uma carreta Scania puxava a fila de veículos quando o motorista reduziu a velocidade no meio da fumaça. Com a manobra, os condutores que seguiam logo atrás não tiveram tempo de frear e foram batendo um atrás do outro. A Scania foi atingida por outra carreta Volvo. Atrás do Volvo estava a família de Rio Preto, em um Ford Ká. O carro foi prensado entre dois caminhões. O Volvo da frente e uma VW 15.180 que estava por último na fila.

A passageira era a arquiteta Roberta de Oliveira Silva, de 33 anos. Na cadeirinha, atrás, estava o filho dela, Arthur Oliveira Semenzim, de 10 anos. Eles morreram no local do acidente. Já o motorista do carro, Vilson Ladeia Semenzim, de 33 anos, foi socorrido por equipe do SAMU e internado em estado grave na Santa Casa de Araraquara.

A família, que mora na Vila Diniz, retornava de Araraquara para Rio Preto. Vilson estava na cidade a trabalho.

Os três condutores dos caminhões foram submetidos a teste do bafômetro, que deu negativo.

Um caminhoneiro que transitava no sentido contrário gravou um vídeo em que é possível ver os veículos destruídos e a baixa visibilidade da pista, causada pela fumaça.

A orientação da Polícia Rodoviária é nunca entrar na cortina de fumaça. O condutor deve aguardar em segurança, no acostamento, até que a pista esteja visível. Depois, deve trafegar em baixa velocidade, com os faróis acessos e pisca alerta acionado.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários