Doria reúne 246 prefeitos durante evento em Rio Preto

Geral Da Redação em 14 de outubro, 2021 19h10m
Facebook Twitter Whatsapp

Durante evento em Rio Preto na manhã desta quinta-feira com a presença de 246 prefeitos da região, o governador João Doria aproveitou palanque para destacar o avanço da cobertura vacinal no Estado, além de anunciar investimento de recursos em estradas rurais - pelo programa que chamou de "Melhor Caminho".

No encontro desta quinta, que congestionou as imediações do Recinto de Exposições, o governador foi blindado do contato com a imprensa e incensado por correligionários, tucanos e de partidos aliados. Fez críticas ao governo federal, que não se empenhou para viabilizar a reforma tributária e fiscal. Fez referências ao crescimento do PIB paulista, acima da média nacional.

O governador falou que ampliou escolas em período integral. Afirmou que 2 mil empregos serão gerados com o programa de recuperação de 3,2 mil quilômetros de estradas no Estado. Rio Preto será contemplada com apenas 10 km, no sentido Guapiaçu e entre Schmitt e a Vila Azul.

Não faltou oba-oba. Aliados lembraram até que o governador lançou programa de distribuição de absorventes a mulheres carentes - numa indireta ao veto do presidente Bolsonaro a programa semelhante.

Diante do entusiasmo de parte da plateia, Doria se arriscou dizendo que "São Paulo é uma nação onde não tem corrupção. Não tem rachadinha. Não tem roubo de dinheiro público".

Mas na hora de encarar repórteres, Doria refugou. Nas poucas perguntas que respondeu - selecionando veículos de comunicação que poderiam questioná-lo, - afirmou que o uso de máscaras está previsto até 31 de dezembro, de forma obrigatória, mas "está sob avaliação", dependendo do andamento da pandemia.

Confirmou que a rodovia Washington Luís terá a construção de terceira faixa, entre Mirassol e Cedral, passando por Rio Preto. Está no pacote de concessão, disse. Uma notícia que na semana passada o vice-governador Rodrigo Garcia já havia dado, e que foi replicada pelo prefeito de Rio Preto.

Entre as rodovias regionais que terão melhorias, o governo citou a Assis Chateaubriand, que deve ser duplicada entre Rio Preto e Olímpia, via concessão. Mas o governador, como foi blindado pela assessoria, não teve de responder se haverá pedágio.

Ao discursar no começo do encontro, o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, destacou que o município seguiu rigorosamente o Plano São Paulo, de combate ao coronavírus, comemorou a situação que caminha para a normalidade, e reafirmou que fechar comércios foi um sacrifício necessário e inevitável.

O evento terminou debaixo de chuva e ventania. No sábado, Doria volta à cidade para encontro partidário. Doria tenta se cacifar como candidato do PSDB à Presidência da República.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários