Jales tem o melhor desempenho entre as maiores cidades da região na geração de empregos em junho

Foram criadas 56 vagas em Jales, 48 em Santa Fé do Sul e apenas seis em Fernandópolis; já Votuporanga terminou o mês com sa

Geral Da Redação em 29 de julho, 2022 16h07m

Foram criadas 56 vagas em Jales, 48 em Santa Fé do Sul e apenas seis em Fernandópolis; já Votuporanga terminou o mês com saldo negativo, com 62 postos de trabalho a menos

Eduardo Monteiro – assessoria de comunicação da ACIJ

O município de Jales encerrou o mês de junho com um saldo positivo na geração de empregos. Isso significa que mais pessoas foram contratadas com carteira assinada do que demitidas. É o que mostram os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta semana pelo Ministério do Trabalho e Previdência, do Governo Federal.

Em junho, 406 pessoas foram contratadas com registro em Jales, enquanto 350 foram desligadas, resultando em um saldo de 56 vagas criadas.

O principal responsável pelo bom desempenho foi o setor da indústria da cidade que teve um saldo de 22 novas vagas. Em seguida, vem o setor de serviços com 16; depois comércio, com 14; construção civil, com cinco; e agropecuária, que fechou uma vaga.

Desempenho no semestre

Somados os seis primeiros meses de 2022, foram realizadas 2.288 contratações com carteira assinada em Jales, contra 2.222 demissões, resultando em um saldo de 66 vagas criadas.

O resultado de 2022 é muito melhor que o de 2021, quando Jales terminou o primeiro semestre com o saldo negativo, acumulando 29 postos de trabalho fechados.

Publicidade

Região

O desempenho de Jales, com a criação de 56 vagas no mês de junho, colocou o município pela primeira vez no ano, no topo do ranking, entre as quatro maiores cidades da região.

Votuporanga, por exemplo, terminou o mês com saldo negativo, com 62 postos de trabalho a menos, resultado de 825 admissões, contra 887 demissões.

Em Fernandópolis, o índice não foi negativo, no entanto, a geração de empregos foi bastante tímida, com seis vagas criadas. Foram 643 contratações e 637 desligamentos.

Já em Santa Fé do Sul, 366 pessoas foram contratadas com carteira assinada em junho e 318 foram demitidas, resultando em um saldo de 48 novas vagas. 

Publicidade

Comentários