Foragido do CPP é preso em flagrante com vários tijolos de maconha em RP

Foragido do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Rio Preto, homem de 24 anos foi preso nesta quarta-feira (28) com uma grande quantidade de droga. De acordo com informações do boletim ocorrência, era por volta de 15h45 quando os policiais faziam patrulhamento de rotina pelo bairro SetValley e avistaram um Gol branco que imediatamente ao ver a viatura acelerou e tentou despistar dos PMs.

Geral Da Redação em 29 de setembro, 2022 15h09m

Foragido do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Rio Preto, homem de 24 anos foi preso nesta quarta-feira (28) com uma grande quantidade de droga. De acordo com informações do boletim ocorrência, era por volta de 15h45 quando os policiais faziam patrulhamento de rotina pelo bairro SetValley e avistaram um Gol branco que imediatamente ao ver a viatura acelerou e tentou despistar dos PMs.

O fugitivo foi acompanhado até que em uma determinada via parou o carro e saiu correndo a pé por um pasto próximo a rua. Ele foi perseguido, alcançado e abordado. Em revista nada ilícito foi encontrado com ele. O homem também não portava nenhum tipo de documento. No veículo havia uma sacola verde com dois tijolos de maconha.

Após pesquisa, os policiais descobriram que o acusado estava foragido do CPP e que cumpria pena em regime semiaberto por tráfico de drogas. Questionado sobre os entorpecentes, afirmou que havia combinado a venda de 8,5kg por R$ 1,2 mil cada quilo, mas que não levou toda a droga por estar desconfiado da pessoa que iria comprá-la.

O PMs perguntaram se havia mais drogas na casa dele e o mesmo confirmou que sim. Já no local foram localizados mais 12 tijolos e meio de maconha. Nada mais ilegal foi encontrado na residência. Acredita-se que o irmão do acusado ao perceber a chegada da polícia tenha fugido pelos fundos. O homem recebeu então voz de prisão e foi conduzido até a Central, juntamente com todo o material apreendido.

Publicidade

As drogas foram testadas e o resultado foi positivo para maconha. O carro que o homem dirigia foi encaminhado para ao pátio de Cedral, ficando à disposição da Justiça. De frente para o delegado, no entanto, o homem, auxiliado por um advogado, exerceu o direito de permanecer calado.

O delegado de plantão ratificou a voz de prisão, não foi concedido direito à fiança e o acusado foi encaminhado após exames à carceragem da DEIC de Rio Preto, onde permanece à disposição da Justiça.

 

Publicidade

Comentários