Prefeitura de Jales instala placas educativas em praças e canteiros da cidade

A Prefeitura de Jales, por meio das Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e de Comunicação Social, instalou dezenas de placas de preservação ambiental em canteiros e praças da cidade para evitar a depredação dos espaços públicos que possuem monumentos, gramas, mudas de flores, folhagens e árvores ornamentais.

Geral Da Redação em 07 de outubro, 2022 17h10m

A Prefeitura de Jales, por meio das Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e de Comunicação Social, instalou dezenas de placas de preservação ambiental em canteiros e praças da cidade para evitar a depredação dos espaços públicos que possuem monumentos, gramas, mudas de flores, folhagens e árvores ornamentais.

Placas com as frases “Não suba em mim, não me faça usar a força”, “Não suba, risco de mordida” foram colocadas ao lado dos monumentos do jacaré e das tartarugas na Praça João Mariano de Freitas, mais conhecida como “Praça do Jacaré”.

Na Praça Dr. Euphly Jalles, placas também foram instaladas para que a população não pise na grama, explicou a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Sandra Gigante.

Publicidade

“Após a manutenção dos canteiros das avenidas onde estão sendo plantadas, nesta primeira fase, mais de 1.500 mudas de exórias produzidas em nosso Viveiro Municipal, instalamos placas educativas nos canteiros dos nossos jardins com intuito de promover a conscientização da população sobre a importância de conservar os espaços públicos, sem depredá-los. Precisamos preservar o que é nosso, manter nossas praças e canteiros bonitos e organizados”, ressaltou a secretária.

Sandra ressaltou que a Prefeitura vem fazendo a sua parte e que falta a conscientização de uma parcela da população que não está preocupada em preservar o meio em que vive. “Constantemente nos deparamos com jardins destruídos, descarte de móveis e entulhos nos espaços públicos que acabam servindo de criadouros de mosquitos e animais peçonhentos. O que falta é a conscientização da população, esperamos agora, com a instalação das placas, que a população preserve mais nossos jardins que tanto embelezam e dão vida à nossa cidade”, finalizou a secretária.

Sandra acrescentou que, além da instalação das placas educativas, serão instaladas placas de advertência nas nove saídas do município que dão acesso às estradas rurais, onde moradores costumam fazer do local um ponto de acúmulo de móveis velhos, lixo doméstico e resíduos de construção civil.

Publicidade

Comentários

Notícias relacionadas