Quadrilha alvo de operação seguia 'cartilha' com perguntas e respostas para aplicar golpes por telefone

Polícia g1 Rio Preto e Araçatuba em 03 de dezembro, 2021 10h12m
Facebook Twitter Whatsapp

Segundo o delegado Amaury Scheffer de Oliveira Junior, um caderno com as informações que os golpistas usavam para enganar as vítimas foi encontrado em uma central de onde eram feitas as ligações. Ela ficava na capital paulista; investigação é da Polícia Civil de Rio Preto (SP).

A quadrilha alvo de uma operação da Polícia Civil de São José do Rio Preto (SP) contra estelionatos usava um “roteiro” para aplicar golpes. Um caderno com as “perguntas e respostas” que deveriam ser feitas para as vítimas foi apreendido.

Ao todo, 16 mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã da última quinta-feira (2). Policiais estiveram em São Paulo, Caieiras, Guarulhos e Mogi das Cruzes. As investigações foram realizadas por policiais de Rio Preto devido à grande quantidade de casos de estelionato registrados nas delegacias.

Segundo o delegado Amaury Scheffer de Oliveira Junior, a cartilha com as informações que os golpistas usavam para enganar as vítimas foi encontrada em uma central de onde partiam as ligações.

“Essa operação foi para angariar provas. A gente robusteceu nosso inquérito. Inclusive, foi apreendida uma cartilha na central em São Paulo. Ela é tipo um manual de como proceder em um golpe”, afirmou.

Em imagens obtidas pelo g1 é possível ver o roteiro usado pelos criminosos. Confira abaixo a transcrição de trechos das perguntas e respostas usadas pelos criminosos:

Publicidade

Linha 1
Meu nome é Ana Luiza, sou da Tecnologia de Segurança Bancária (Tecban) e estou entrando em contato para informar tentativa de compra de compra de R$ 2.350. Confirma a compra?
Por se tratar de um valor que foge das movimentações habituais, possivelmente houve uma clonagem do cartão do senhor.
Reconhece esta compra? Não? Desta forma, eu vou providenciar o cancelamento da compra.
Peço que anote o protocolo do atendimento.
Oriento que entre em contato com o banco para verificação e possível cancelamento com a gerência.


Linha 2
Banco, bom dia!
Solicita-se protocolo de atendimento da seguradora.
Reconhece as compras?
Desta forma, orientamos o cancelamento deste e emissão de um novo cartão.
Precisarei da confirmação de alguns dados.
Ainda segundo o delegado Amaury Junior, a quadrilha é investigada por aplicar golpes popularmente conhecidos como “falso motoboy” e “falso WhatsApp”.

“A situação financeira do país ocasionou um elevado número de estelionatos, inclusive de quadrilhas que migraram para este tipo de crime. Orientamos a sempre desconfiar”, afirmou.

As investigações continuarão com o objetivo de identificar e prender suspeitos de integrar a quadrilha especializada em aplicar golpes.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários