Nasf orienta sobre a importância da alimentação no controle da ansiedade

Saúde Da Redação em 28 de julho, 2020 14h07m
Facebook Twitter Whatsapp

Vídeo produzido com apoio de alunas do curso de Nutrição oferece dicas de bons alimentos 

O NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) de Fernandópolis tem oferecido uma série de dicas por meio de sua página no Facebook para ajudar a sociedade a melhorar as suas condições de vida. Em parceria com alunas do curso de Nutrição da FEF (Fundação Educacional de Fernandópolis), disponibilizou um vídeo com informações sobre a importância da alimentação no controle da ansiedade.

As estudantes de Nutrição, Natalia Miranda Pasquini e Larissa Rossini Fação destacam que os dias atuais são de muita incerteza, angústia e ansiedade com relação ao futuro. Por isso, é importante manter uma boa alimentação para promover o bem-estar do organismo como um todo. 

“Vamos destacar a serotonina, que é um neurotransmissor conhecido também como hormônio da felicidade, do bem-estar e do prazer. Sem este hormônio, nosso organismo fica mais propício a condições como irritabilidade, ansiedade e depressão. Por meio de nossa alimentação, conseguimos estimular o organismo a produzir serotonina e consequentemente melhorar o nosso humor. Para isso, devemos consumir alimentos ricos em triptofano, que é um aminoácido essencial precursor da serotonina no organismo”, explicou Natalia.

Publicidade

São alimentos ricos em triptofano: banana, salmão, ovos, nozes e cacau, por exemplo. Para que os benefícios do cacau sejam obtidos, é importante usá-lo em sua forma pura, sem adição de açúcar, e se for comer um chocolate, que seja com pelo menos 70% cacau. Espirulina, couve flor, brócolis, batata, beterraba e ervilha também estimulam a produção de serotonina. 

É importante também consumir alimentos ricos em vitamina B3 e magnésio, carnes, cereais integrais como arroz e milho, linhaça, gergelim, castanhas, soja e feijão, por exemplo. Chás como o de camomila e melissa são bem-vindos e combatem a ansiedade de forma natural. É importante destacar que cerca de 90% da produção de serotonina no organismo acontece no intestino, por isso a importância de mantê-lo sempre saudável, por isso procure evitar alimentos industrializados e açúcar, eles favorecem a inflamação do organismo e a disbiose intestinal, prejudicando a produção de serotonina.  

 

 

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários