SUS passará a contar com novo teste de detecção da tuberculose

Saúde Da Redação em 19 de novembro, 2020 11h11m
Facebook Twitter Whatsapp

De acordo com a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), o novo procedimento é capaz de prever o desenvolvimento da tuberculose ativa

O teste de liberação interferon-gama passará a fazer parte do Sistema Único de Saúde (SUS) em até 180 dias. A informação consta em portaria publicada recentemente no Diário Oficial da União. Com isso, os pacientes terão acesso a mais uma opção no combate à tuberculose.

De acordo com a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), o novo procedimento é capaz de prever o desenvolvimento da tuberculose ativa. Por esse motivo, com o método é possível ampliar a orientação clínica para o diagnóstico da doença, reduzindo assim o número de casos.

Hoje em dia, o procedimento utilizado no SUS é o tuberculínico PPD, realizado em duas etapas. A primeira delas é a aplicação do teste, enquanto a segunda diz respeito à leitura e interpretação do resultado. Por interferon-gama, o processo será mais ágil. O paciente precisará se deslocar apenas uma vez ao laboratório.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários